OS PENITENTES

 

    A Procissão dos "Penitentes" é uma das mais antigas tradições da Erada, desconhecendo-se a sua origem e significado.As três MariasTalvez pelo simbolismo, talvez pelo momento em que ela ocorre, ela inspira nas pessoas um sentimento de profundo respeito. Realiza-se durante a Quaresma, às sextas feiras. À meia-noite, sai de junto da Igreja e percorre as principais ruas da aldeia.  Durante a caminhada, ouvem-se as rezas das "três Marias", o silvo e o estalar do chicote, o ruído dos pregos, o som metálico da relha arrastada pela calçada e o "ai de nós..."(lamento lúgubre que enche a noite). As pessoas, espreitando por detrás dos vidros das janelas ou envoltas na escuridão, ao longo das ruas, vêem, em absoluto silêncio, passar Os Penitentes.

A Procissão termina em frente ao cemitério, na mais profunda escuridão e silêncio.

A origem e significado desta tradição são desconhecidos; talvez de origem pagã, terá sido recuperada pelo cristianismo, que   em tempo de Quaresma chama os fiéis para o arrependimento e penitência. Em função dos rituais que a materializam, parece retratar, de algum modo, o percurso de Cristo até ao Calvário.

À porta do cemitério à meia noite...Na aldeia há quem afirme que esta procissão remonta à Idade Média e que era  realizada pelos leprosos que viviam na periferia da aldeia, isolados da comunidade; na altura da Quaresma, noite dentro, saíam pelas ruas, implorando a sua salvação.

 

 

voltar